JUDICIAL E EXTRAJUDICIAL / ONLINE E PRESENCIAL

área exclusiva
Esqueceu a senha?

Não tem cadastro? cadastre-se agora

22ª VARA CÍVEL DA CAPITAL - Portella Leilões - Judiciais e Extrajudiciais

Quinta 24 de Maio de 2018
Total de lotes: 1
Cód.: 0340/2018
2ª Leilão Presencial
22ª VARA CÍVEL DA CAPITAL
Autos nº:
0218076-32.2013.8.19.0001
Local do pregão:
Átrio do Fórum, à Av. Erasmo Braga, nº 115 - térreo (hall dos elevadores) - Castelo/RJ - RIO DE JANEIRO-RJ
Leilão:
APARTAMENTO NA BARRA DA TIJUCA

LOTE: 1

  • Avaliação: R$ 640.000,00
    Incremento: R$ 1.000,00
    1º Leilão: 23 de Maio de 2018 às 15h00
    Lance inicial em 1º Leilão: R$ 640.000,00
    2º Leilão: 04 de Junho de 2018 às 15h00
    Lance inicial em 2º Leilão: R$ 320.000,00
    Informações de abertura
    Incremento: R$ 1.000,00
    Total de Lances: 0
    Arrematantes homologados: 46

    Localização do bem

    Descrição do lote

    Apartamento 303, do Bloco 1, situado na Rua Paulo Moura, 101, na Barra da Tijuca, com direito a 1 vaga de garagem coberta situada no subsolo do GRUPO B.
    Localizado no 3º pavimento, duas frentes, posição fundos; área edificada 79 m², aproximadamente. Possui: sala, 3 quartos (sendo 1 suíte com varanda), 1 banheiro com armário, 1 lavabo, 1 cozinha com armário modulado. O piso deste é de cerâmica. O imóvel é novo, e está em bom estado de uso e conservação.

    Formas de pagamento

    Cientes que a arrematação far-se-á à vista ou a prazo de até quinze dias mediante caução de 30% da arrematação, acrescida de 5% de comissão ao Leiloeiro e custas de Cartório de 1% até o limite máximo permitido, e, que o não pagamento do preço no prazo acima estabelecido, o Juiz impor-lhe-á em favor do exequente a perda da caução, voltando o(s) bem(s) a novo Leilão, não sendo admitido participar o arrematante remisso.

    Histórico de lances recebidos

                       
    valorusuário/placalocalidadedata/horário
    Nenhum registro de lance.

OBS: Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - Arts. 186 e 927 do Código Civil. Ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal.