Leilões Judiciais - Extrajudiciais / Presencial - Online

  • Sexta - 18 de Setembro de 2020

área exclusiva
Esqueceu a senha?

Código do Leilão: 1144/2020

2ª Leilão

9ª VARA CÍVEL

Autos nº: 0114925-36.2002.8.19.0001

Local do pregão: ONLINE pelo site Portella Leilões - RIO DE JANEIRO-RJ

Tipo de Leilão: Presencial / Online

Total de Lotes:

1

Faltam 1D 01:13:20 para o início do fim do leilão

ENCERRADO

Informações de abertura

Avaliação:

R$ 288.852,78

Incremento:

R$ 1.000,00

Total de Lances:

0

Incremento:

R$ 1.000,00

1º Leilão:

01 de Setembro de 2020 às 13h00

Lance inicial em 1º Leilão:

R$ 288.852,78

2º Leilão:

10 de Setembro de 2020 às 13h00

Lance inicial em 2º Leilão:

R$ 145.000,00

Localização:

RIO DE JANEIRO/RJ

Localização do bem

Descrição detalhada do Lote

Avenida Rio Branco, 156 - Sala 812

Prédio: edificação de salas comerciais, com 35 pavimentos, contendo 39 salas por andar. Edifício de estrutura metálica e revestimento de alumínio (esquadria de alumínio), 15 elevadores sociais amplos com capacidade para vinte pessoas, mais 03 com capacidade para sete passageiros, bem ventilado e automático, 01 elevador de serviço (carga) com capacidade para até 800 (oitocentos quilos). O rol dos elevadores com piso em granito e amplo acesso aos elevadores.

Escadas rolantes do subsolo até ao terceiro piso, num total de 12 (doze) escadas; sendo piso em mármore branco, dando acesso às lojas de grandes marcas e serviços, no total de 194 (cento e noventa e quatro) lojas, corredores de salas com piso em cerâmica, amplos; escadas de emergências e porta (corta fogo) em cada andar, câmeras de monitoramento e seguranças.

SALA 812: unidade comercial com 37m².

Formas de pagamento

A arrematação deverá ser à vista ou a prazo de até 15 dias mediante caução de 30% da arrematação, acrescida de 5% de comissão ao Leiloeiro e custas de Cartório de 1% até o limite máximo permitido.

Histórico de lances recebidos

                 
valorusuário/placalocalidadedata/horário
Nenhum registro de lance.

OBS: Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - Arts. 186 e 927 do Código Civil. Ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal.